Tamanho do texto

Lentes Multifocais 2 - como escolher

No artigo anterior falamos sobre os conceitos das lentes multifocais, pois bem, chegou a hora de entender como escolher o seu par de lentes.

Você precisa saber que existem muitos fabricantes, diversas tecnologias, diversos serviços e inúmeros tratamentos disponíveis para lentes multifocais. Isso ocasiona mais de uma centena de ofertas, que sofrem variações de custo e desempenho, e refletem na adaptação e no conforto do seu uso.

E para que você se sinta mais seguro na hora da escolha das lentes multifocais, saiba que os maiores fabricantes fornecem suas lentes acompanhadas de certificado de garantia e de origem, e também garantia de adaptação, disponibilizando até mesmo um técnico treinado e capacitado que oferece assistência total ao cliente, caso haja necessidade. Tudo isso para que o usuário se sinta seguro, e tenha a certeza de que a adaptação será bem sucedida. Portanto na hora de efetuar a compra das suas lentes multifocais questione o profissional ótico sobre esse assunto.

Algumas características técnicas são muito importantes na escolha de suas lentes, abordarei tais características da maneira mais simplificada possível, e isso o ajudará a escolher o seu par ideal, proporcionando máxima satisfação e atendendo suas expectativas quanto ao desempenho e conforto de seus óculos multifocais. São elas:

Progressivas: Lentes multifocais são também chamadas de lentes progressivas, isso porque a mesma lente possui diferentes “graus”, (grau para longe, grau para meia distância e grau para perto) e esses graus progridem (aumentam) na medida em que seus olhos percorrem toda a extensão das lentes. Essa progressão pode ser mais suave ou mais acentuada, sendo que quanto mais suave, mais confortável.

Distorções laterais: todas as lentes multifocais possuem distorções laterais, imagine então que as laterais próximas do nariz e as laterais próximas das temporas (direção das orelhas) não possuem grau de correção, formando na parte central das lentes o que chamamos de corredor progressivo. E é neste corredor progressivo que seus olhos irão percorrer para focar longe, meia distância e perto, entenda que quanto mais largo for o corredor progressivo, menor será a percepção dessas distorções laterais e maior será o seu conforto. Outra característica das distorções laterais é que assim como na progressão das lentes elas podem ser suaves ou acentuadas, e o ideal então é aliar corredores progressivos largos á distorções laterais suaves.

Design: Acredito que você não imaginava, mas as lentes multifocais possuem designs. Os designs são os desenhos das lentes, eles determinam a qualidade da progressão e das distorções laterais, são diferentes entre si, alguns são simples e outros mais sofisticados, favorecem mais o foco de longe, ou de meia distancia ou de perto. Os desenhos mais tecnológicos e modernos fazem o balanceamento entre as três distâncias. As diferenças entre os desenhos buscam atender as variações de necessidades dos usuários.

Imagine uma senhora de meia idade cujo maior hobby seja a leitura, mas que está todas as semanas em busca das principais estreias do cinema, ou um jovem senhor cuja profissão seja a de bancário, ele necessita focar a tela do computador, os inúmeros documentos e suas minúsculas observações e ainda precisa olhar para os clientes da fila, imaginemos ainda uma senhora que adora costurar em tardes tranquilas, mas que também adora jogar tênis, percebemos assim que as necessidades de foco do olhar são muito diferentes, porém todos certamente encontrarão os óculos multifocais ideais. Por isso é importante que o profissional ótico solicite a você algumas informações sobre seus hábitos e estilo de vida e sobre a expectativa quanto ao desempenho, conforto e facilidade de adaptação de suas lentes multifocais, principalmente se for a primeira vez que irá usá-las.

E se você já utiliza lentes multifocais, sentirá necessidade de trocá-las com o passar do tempo, afinal o grau dos seus óculos mais cedo ou mais tarde irá se alterar, e existe também o tempo de vida útil de suas lentes. Ao trocar seus óculos é importante que a marca e o desenho de suas lentes sejam preservados ou melhorados, mas nunca regrida na escolha do desenho e tecnologia, afinal seus olhos já terão se acostumado com um determinado desempenho, e utilizar uma lente inferior traria desconforto e possível arrependimento.

 

Prev Next

Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mário Quintana

Pelo brilho nos olhos, desde o começo dos tempos, as pessoas reconhecem seu verdadeiro amor.

Paulo Coelho

Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.

Antoine de Saint-Exupéry

Mantenham os olhos nas estrelas e os pés no chão.

Theodore Roosevelt

Os olhos são os intérpretes do coração, mas só os interessados entendem essa linguagem.

Blaise Pascal

Olhos nos olhos, quero ver o que você faz, ao sentir que sem você eu passo bem demais.

Chico Buarque

Existe um caminho que vai dos olhos ao coração, sem passar pelo intelecto.

Gilbert Keith Chesterton

Mulher, teus olhos são meus livros.

Machado de Assis

Dirão, em som, as coisas que, calados, no silêncio dos olhos, confessamos?

José Saramago

Saudade é um sentimento que, quando não cabe no coração, escorre pelos olhos.

Bob Marley

Fiero